Entrevistamos CACHORRO GRANDE! Saiba o que eles disseram…

O programa LONG PLAY/Kula Webrádio entrevistou neste último sábado, 27 de novembro, uma das melhores bandas de rock do país: Cachorro Grande.

A Kula foi gentilmente recebida pela banda na varanda do hotel, em Dois Vizinhos, onde realizariam um show. Beto e Rodolfo conversaram com a gente sobre os bons e velhos discos de vinil.

Veja agora a entrevista na íntegra:

Primeira parte

Segunda parte

Terceira parte

 

RESUMO DA ENTREVISTA

RESUMO DA ENTREVISTA

Bem acima das expectativas! Essas são as palavras para descrever o encontro com a banda Cachorro Grande. Logo no início da conversa percebemos que a escolha do tema não poderia ter sido melhor: Discos de Vinil. Beto e Rodolfo são audiófilos que fazem questão desse formato.

Por isso, para eles, o lançamento do último álbum da banda (Cinema) em LP, foi a concretização de um sonho. Sonho que não acabou, afinal, eles confirmaram o relançamento, em vinil, do álbum de estréia que fará dez, e a continuidade do “modelo” LP + CD para os próximos lançamentos.

Beto e Rodolfo apontaram a má qualidade dos LP’s nacionais lançados nos últimos 50 anos, referindo-se à última “leva” de discos como a “re-volta”, por serem os primeiros 180 gramas fabricados aqui, o que denota um maior cuidado na confecção e grande fidelidade sonora. Essa fidelidade, inclusive, foi apontada como a grande qualidade dos discos de vinil, principalmente no caso de “Cinema” que teve gravação analógica graças a uma das três máquinas funcionando no Brasil, locada por eles para a gravação.

Como ponto negativo quase nenhum. Apenas o esperado: praticidade e preço. Afinal, não se pode sair por aí ouvindo um LP no meio da rua. Mas isso não é um grande problema para um audiófilo de verdade. Quanto ao preço, a pequena quantidade de vinis gravados no Brasil chega às lojas com preço de importado, fato que não deve se alterar em pouco tempo, já que o público comprador de long player é bem reduzido “graças à modernidade” que transformou o hábito de ouvir música em mais um segmento de consumo impensado, embolado à correria do dia-a-dia.

A grande surpresa (para eles) foi a nossa “alucinação” de ter visto a capa de “Abbey Road” estampada na capa de Cinema, dentro dos óculos de Rodolfo e Gabriel. Mais uma gafe na entrevista… mas, fodam-se as gafes!!!

Cachorro Grande orgulha-se das influências de Beatles, The Who, Oasis e outras que alguns pseudo-críticos os acusaram de “parecer demais” no início da carreira. Esse orgulho vem do simples fato de Cachorro Grande ser (e se ver!) como uma banda de Rock’n’Roll. Essencialmente Rock’n’Roll! E para eles, fazer Rock no Brasil só pode ser coisa de doido, o que concordamos plenamente.

E como todos temos os discos que marcaram nossas vidas, eles também não poderiam deixar de ter. Rodolfo lembra de “Revolver” dos Bealtes, The Who e Bob Dylan, que inclusive tinha sido seu último disco a ser ouvido. Beto lembrou também de Beatles, mas com “A Hard Days Night – Os reis do ye ye ye”, aquele que por aqui teve capa vermelha enquanto no resto do mundo foi azul.

Quanto à venda de discos, nada mais do que o esperado nessa “era” de download. E bem lembraram que o estouro do Napster aconteceu quando a Cachorro Grande lançava seu primeiro álbum.

Beto, após a gravação da entrevista, parecia fascinado pelo vinil de Cinema. Ficou por vários momentos olhando e admirando o belo trabalho feito com o LP.

Nós, da kula Webrádio Universitária, só temos a agradecer pela receptividade, bom humor e tranquilidade com que fomos recebidos. E também nós, os “vitroleiros” de plantão, agradecemos por esse fantástico álbum da Cachorro Grande, que se mostra preocupada e atenta com a qualidade de seus lançamentos.

 

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s