Tim Maia vai invadir os Estados Unidos

Em 1959, aos 16 anos, Tim Maia desembarcou nos Estados Unidos com apenas US$ 12 no bolso, sem falar inglês ou ter onde ficar. A estada de cinco anos não lhe valeu nenhum sucesso por terras estrangeiras, mas, depois de 50 anos da história, o cantor volta àquele país em alto estilo pela gravadora do cantor e compositor David Byrne, a Luaka Bop, que vai lançar a coletânea dupla em vinil The Existencial Soul of Tim Maia, no dia 2 de outubro.

O álbum foi idealizado há 10 anos e terá 15 compilações feitas pelo Síndico na década de 70. É o quarto volume da série World Psychadelic Classics. Tim, como se sabe, aprendeu inglês, conheceu a música americana — rhythm & blues e soul — e gravou músicas naquela língua. O álbum prioriza a fase mística em que o artista, que celebraria 70 anos em setembro, se envolveu com a Cultura Racional da seita Universo em Desencanto. Entre as músicas estão Imunização Racional (Que Beleza-1975), Let’s Have a Ball Tonight (Tim Maia e Reginaldo – 1978), Brother Father Mother Sister (1976) e Nobody Can Live Forever (1976).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s